RSS Santa Clara do Sul - RS Notícias de Santa Clara do Sul/RS Sat, 04 Jul 2020 08:43:11 -0300 Sat, 04 Jul 2020 08:43:10 -0300 Zend_Feed_Writer 1.12.21dev (http://framework.zend.com) https://www2.urubici.sc.gov.br/rss Vereadores aprovam repasse para obras do Centro de Monitoramento Regional Fri, 03 Jul 2020 14:12:48 -0300 https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1139/?vereadores-aprovam-repasse-para-obras-do-centro-de-monitoramento-regional.html https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1139/?vereadores-aprovam-repasse-para-obras-do-centro-de-monitoramento-regional.html Os vereadores aprovaram por unanimidade, na sessão realizada na quarta-feira, dia 1º, o projeto de lei que autoriza o repasse de R$ 3.301,50 à Associação Lajeadense de Segurança Pública (ALSEPRO), o que representa cinquenta centavos por habitante. O recurso vai colaborar na conclusão das obras do Centro de Monitoramento Regional, a ser operado junto à sede do 22º Batalhão de Polícia Militar (22º BPM) de Lajeado. A justificativa para o investimento está a elevação dos indicadores de criminalidade nos últimos anos.

 

Coleta do lixo eletrônico vai até 10 de julho

Na tribuna, o vereador Edson Mallmann (MDB) abordou a campanha de recolhimento recolhimento do lixo eletrônico, que se estende até o dia 10 deste mês e tem pontos específicos de coleta: Sampaio - Ilson Sell e Centro Comunitário Armindo Bruch; Chapadão - Waldir Schönhals; Nova Santa Cruz - EC Cruzeiro e CE São José; Sampainho - ASER Sampainho; Alto Arroio Alegre - Associação Comunitária Amizade; Picada Santa Clara - Acélio Jacó Mallmann e Bar e Minimercado Skina; e no Centro - Mecânica do Paulinho Rambo, Biblioteca e Departamento de Obras.

O vereador informa que o Município firmou uma parceria com uma empresa de Lajeado e vai arcar somente com o custo do transporte para o recolhimento, sendo a destinação gratuita. Lembra que pilhas devem ser entregues no STR, enquanto lâmpadas e pneus inutilizados devem ser levados ao local onde forma comprados, o que prevê lei federal.

 

Haas fala sobre empresas locais

 

Presidente do Legislativo, Márcio Luiz Haas (PTB) diz que é preciso ter coragem para ser adversário do atual gestor. Informa que amigos que saíram de reunião com o prefeito pediram para que o pré-candidato não concorresse. Diz não entender qual é o problema de haver oposição, ressaltando que estamos em uma democracia “Parece que ninguém pode ameaçar o que o trono do prefeito Paulinho e da secretária”.

Haas também abordou a ida de parte da produção da empresa Fliegen para Mato Leitão, e parabenizou o prefeito Carlos Bohn, cuja administração concedeu uma área de terras. Também falou sobre o projeto do Del Führ de instalar empresa em Santa Clara do Sul, e torce pela conclusão das tratativas porque considera fundamental a vinda de empresas para a geração de empregos e de recursos para o Município.

Outro assunto abordado foi a compra de chocolates de Páscoa para as crianças. “Apesar de ser de empresa de Estrela, acredito que tenham sido comprados no comércio local”, reiterou. Ele afirma que os produtos poderiam ter sido comprados da empresa Docinho Caseiro, da santa-clarense Clarice Konrad.

]]>
Secretaria da Saúde apresenta relatório de gestão Fri, 03 Jul 2020 10:47:40 -0300 https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1138/?secretaria-da-saude-apresenta-relatorio-de-gestao.html https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1138/?secretaria-da-saude-apresenta-relatorio-de-gestao.html Ao final da sessão da Câmara de Vereadores de Santa Clara do Sul, realizada nessa quarta-feira, dia 1º, foi apresentado para apreciação da Casa o Relatório Municipal de Gestão da Saúde do Primeiro Quadrimestre de 2020. Os dados referentes aos meses de janeiro, fevereiro, março e abril foram dispostos em um telão por Valmeri Schmitt, que representou a Secretaria Municipal da Saúde.

Com recursos municipais foram empenhados, no 1º quadrimestre, o total de R$ 1.691.347,32 (23,08% dos recursos municipais obtidos, sendo que o mínimo constitucional é 15%). Os recursos estaduais e federais constados no relatório, tendo sido liquidados, são: Estaduais: R$ 96.105,88 – Recebido: R$ 184.077,04; Os Federais: R$ 665.139,67 – Recebido: R$ 346.582,43. A apreciação permite que a conclusão do sistema de monitoramento da Gestão em Saúde.

O presidente do Legislativo e servidor da Secretaria de Saúde, Márcio Haas (PTB) fez comentários acerca do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Taquari (Concisa-VT), que desde sua fundação garante economia para o Município. A vereadora Helena Herrmann (MDB), por sua vez, elogiou a apresentação e ressaltou a importância de sempre haver explanação da Secretaria sobre os números da Saúde.  

 

]]>
Saiba o que foi assunto na sessão realizada no dia 24 de junho Tue, 30 Jun 2020 14:41:04 -0300 https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1137/?saiba-o-que-foi-assunto-na-sessao-realizada-no-dia-24-de-junho.html https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1137/?saiba-o-que-foi-assunto-na-sessao-realizada-no-dia-24-de-junho.html Durante as quase duas horas da sessão da Câmara de Vereadores de Santa Clara do Sul, realizada no dia 24 deste mês, e sem projetos para apreciação, os vereadores abordaram diversos assuntos na tribuna.

A vereadora Helena Lúcia Herrmann (MDB), também encaminhou dois pedidos para o Executivo. Ela solicitou que seja enviado um representante da Secretaria de Saúde para a próxima sessão, marcada para esta quarta-feira, dia 1º, para apresentar o Relatório Municipal de Gestão da Saúde do Primeiro Quadrimestre de 2020, referente aos meses de janeiro, fevereiro, março e abril.

A vereadora também solicitou a presença da presidente do CONDESCLA, Patrícia Herrmann, para participar de uma sessão para falar sobre o programa de reestruturação da economia do Município de Santa Clara do Sul. A presença dela é aguardada pelos vereadores, como Marcelo Foltz (PT), que quer tirar dúvidas sobre o auxílio ao comércio.

 

Novas empresas para Santa Clara do Sul

 

Edson Mallmann (MDB) abordou a questão do programa Santa Clara Mais Saudável, uma alternativa de produção rural voltada para os alimentos orgânicos – está completando três anos de criação. E ressalta os resultados adquiridos neste período.

Ele comemora a vinda de novas empresas, entre elas a que vai produzir biscoitos para a linha pet, utilizando alimentos orgânicos produzidos em Santa Clara do Sul. Outro produto da marca sofre hidratação para posteriormente ser moído e destinado para a produção de itens como bolos e cucas. Outra empresa que pode se instalar no município, de acordo com o vereador, é uma empresa que produz a bebida denominada de Kombucha, que é derivada de chás.

 

Por caráter experimental, feira do produtor ocorrerá também às terças

Sobre o canal das vendas, Mallmann informa que existe uma feira no Shopping Lajeado, uma na Praça do Papai Noel, na Univates, junto ao Ginásio dos Esportes. Adianta que também será feita a feira em caráter experimental, a partir de 14 de julho, das 16h às 18h30min, nas terças-feiras, para determinar qual é a procura das pessoas. Além disso, diz que foram criadas parcerias com mercados na intenção de vender produtos orgânicos, como Imec e Languiru.

 

Vereadores discutem sobre o prefeito

Na tribuna, o vereador Mauro Antônio Heinen (MDB) abordou o discurso de Márcio Haas (PTB), da semana anterior, quando o presidente do Legislativo qualificou o prefeito como “ditador”. Em resposta, Mauro reafirma que o prefeito é exigente, firme e não aceita nada abaixo de ótimo, mas que de nenhuma forma se caracteriza como ditador, e que se dependesse do prefeito todas as coisas seriam feitas da forma perfeita.

Diante disso, reafirma que não há problema de Haas não gostar da gestão do prefeito, a qual considera excelente pelos resultados obtidos para a população.

Em resposta, Haas argumentou que a fala do vereador Mauro indica que foi o prefeito que o mandou defendê-lo na tribuna, o que segundo ele reforça sua opinião quanto a ele ser um ditador. Diz ainda que, se quiserem, podem lhe chamar do que quiser, e entende que se o prefeito se achar ofendido pode comparecer à Câmara para se defender. Por outro lado, ele volta a elogiar o prefeito pela sua gestão.

 

Auxílio emergencial é abordado

 

Heinen também contrariou o que foi dito pelo vereador Foltz na semana anterior sobre o fato de sentir vergonha por os agentes públicos receberem em dia e os comerciantes enfrentarem dificuldades. Com a edição de O Informativo de sábado nas mãos, abordou a coluna do Fabiano Conte acerca da lista de pessoas que receberam o auxílio dos R$ 600 sem ter direito, ou que moralmente não teriam direito, e citou um trecho: “vi na lista nome de pessoas críticas ao sistema e que condenam sem dó ou piedade os políticos, mas que não passam de legítimos moralistas de cuecas, que pregam a moral de cuecas” – o eufemismo para hipocrisia. Outro trecho ressaltava que os que se inscreveram sem ter direito cometeram crime de falsidade ideológica, e mesmo devolvendo poderá sofrer inquérito policial, e tem a citação de um agente público de Forquetinha cuja esposa ganhou R$ 1,2 mil. Sobre isso, ele e Mallmann, voltando-se a Foltz, disseram que as pessoas devem aliar a prática e a conduta.

 

Vereadora responde situação sobre o Milho Troca-Troca

 

Rosani Maria Hendges Richter (PP) abordou o que foi dito pelo vereador Heinen na sessão do dia 12 de abril, referente ao pedido dela à Administração Municipal para isentar o produtor rural do pagamento da semente de milho em 2020 – que daria cerca de R$ 50 por produtor – o qual não foi acatado pelo Executivo. Lembra que o vereador disse que ela queria aparecer ou se promover por ser um ano eleitoral. “Eu não preciso disso. Fiz um solicitação como representante também da comunidade rural, ainda mais, de acordo com ela, que se faz isso na secretaria a solicitação desaparece”. Ela ressalta ainda que o vereador fez menção de que ela estava mal-informada por conta de que o município só podia pagar 50%. No entanto, a vereadora reafirma que é conhecedora da lei, e agradece pelo governo estadual ter aumentado a sua contrapartida para auxiliar o produtor.

Em referência à lista dos 50 maiores produtores rurais, entregue pela prefeitura ao vereador Foltz, após pedido, Rosiani diz que cerca de 90% deles plantam milho. Reforça que não há saúde nem educação se as pessoas não têm o que comer, e afirma que esses alimentos vêm dos produtores que não ganharam os R$ 50 do Município.

 

Posto de Saúde volta a ser tema de debate

Helena também retomou assunto da sessão anterior, sobre a fala de Haas acerca da pressa para inaugurar o Posto de Saúde, demonstrou irritação sobre a recorrência do que chama de “picuinhas sobre o posto”. Ela lembra que a empresa pediu prazo de 60 dias por sete vezes e que a inauguração deveria ter sido feita em agosto de 2019. A vereadora volta a elogiar o posto, pela beleza e funcionalidade.

Na tribuna, Haas, menciona que além do HBB, com o qual o Município firmou convênio, existem empresas que praticam bons preços em exames, e em algumas vezes mais baratos. Diz que discute e repete as questões do posto na Câmara porque os assuntos eram levados para seus superiores, mas que talvez por sua maneira de expor as situações pode não ter sido entendido.

O vereador lembra que quando a Helena assumiu a Secretaria da Saúde todos adoraram, mas o que não entenderam foi que logo em seguida ela saiu. Isso porque, lembra o vereador, no dia que Iara saiu, reuniu todos na entrada do posto de saúde, disse que Helena iria assumir. “Inclusive nesse dia chorou, se despedindo porque não seria mais secretária”.

 

]]>
Coleta seletiva é tema de debate no Legislativo Mon, 22 Jun 2020 18:45:04 -0300 https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1136/?coleta-seletiva-e-tema-de-debate-no-legislativo.html https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1136/?coleta-seletiva-e-tema-de-debate-no-legislativo.html A implantação da coleta seletiva do lixo em Santa Clara do Sul foi tema da sessão da Câmara de Vereadores de quarta-feira, 17. Na tribuna, Marcelo Foltz (PT) falou sobre reclamações por parte da população, e lamentou que os vereadores não foram consultados sobre como o sistema deveria ter sido implantado. Iniciado no dia 1º de junho, o novo formato define que os moradores da zona urbana utilizem os contêineres só para depositar o lixo reciclável. Já os resíduos orgânico e rejeito deverão ser embalados em sacos ou sacolas plásticas e colocados na frente de casa nos dias de coleta, que será feita a partir das 7h.

De acordo com Foltz, entre os problemas começam no depósito de forma errada, o que segundo ele contribui para haver lixo espalhado nas ruas e dificulta o trabalho de quem recolhe. Na tribuna, Márcio Luiz Haas (PTB) lembrou que as lixeiras foram compradas na gestão de Fabiano Immich, e que as verdes e amarelas estavam projetadas para serem instaladas uma ao lado da outra. Haas entende que, o atual prefeito, Paulo Kohlrausch, esperou quatro anos para implementar os equipamentos, e de forma diferente por, segundo Haas, não aceitar ideia de outros. “Temos um prefeito ditador”, afirmou o vereador, que entende que as decisões são impostas por ele. “Ele precisa ouvir mais as pessoas”.

Já o vereador Airton Teloken (PP) se manifestou por entender que as lixeiras de metal não deveriam ter sido descartadas na antiga fábrica de fumo, e que as lixeiras verdes e amarelas deveriam ter sido colocadas juntas no centro, e as de metal no interior. "Somos representantes do povo também, então acredito que temos que ser ouvidos também".

O vereador Edson Mallmann (MDB), por sua vez, relatou que o modelo implantado em Santa Clara do Sul foi elaborado após pesquisa em diversos municípios, e o melhor resultados foi em torno de 65% da coleta funcionando de forma satisfatória (desde a separação ao destinamento). Ele ressalta que seri utopia um sistema novo funcionar em menos de duas semanas. Adianta que não há nada definitivo e que alguns pontos do novo formato podem ser alterados. Ele recomenda que o trabalho de comunicação e conscientização deva ser feito de forma contínua. "O pessoal tem que entender que o recolhimento do orgânico na cidade é nas segundas, quartas e sextas, e o reciclável aos sábados".

 

Investimento na Saúde

 

Vereadores aprovaram por unanimidade o projeto que permite ao Executivo abrir crédito especial no valor de R$ 95.634,72. O dinheiro servirá para o pagamento da remuneração dos profissionais servidores da saúde e o custeio dos contratos terceirizados dos médicos e profissionais técnicos, serviços de convênios com os Hospitais e laboratórios, exames, entre outros. Essa verba provém da União para Ações de combate ao Covid-19, e serão repassadas em quatro parcelas.

 

Informações sobre auxílio ao comércio

 

Teloken solicita à Administração Municipal que informe se os R$ 858 mil do Governo Federal já foram destinados ao Município e no que foram gastos. Esse tema foi levantado na tribuna também por Foltz, que também solicitou à Administração Municipal a lista das 50 maiores empresas e dos 50 maiores produtores rurais em retorno de impostos.

 

Bocas de lobo em Picada Santa Clara

 

Foltz pediu também informações do porquê as duas “bocas de lobo” na pavimentação finalizada em Picada Santa Clara, nas proximidades da propriedade de Gilberto Sell, foram projetadas com altura acima da via. Segundo ele, as bocas de lobo foram concluídas de forma diferente do que havia sido projetado, resultando em desnível.

  

Vereador destaca investimentos

 

Edson Mallmann (MDB) destacou o investimento em iluminação na Rua Paulo Décio Goergen. Foram instaladas lâmpadas de led, que segundo o vereador proporcionam mais claridade e menos gasto de energia, além do menor custo de manutenção por conta de sua longa duração. “Isso nos leva à sustentabilidade”.

Outra questão levantado por ele a melhora no processo de comunicação com os moradores do meio rural por conta de um canal via Whatsapp. Pelo aplicativo os moradores recebem notícias, recados, anúncios de reuniões e outras informações sobre o setor primário. O vereador adianta que esta medida pode ser implantada também para o setor de obras, o que facilita pedidos por parte da população.

Por fim, comemorou o asfaltamento da Rua Amábile Maria Piaccini, iniciada na terça-feira. Cita que mesmo com as adversidades financeiras por conta da pandemia foi possível realizar a obra, cujos processos iniciaram-se quando esteve frente da secretaria.

]]>
Vereadores pedem área de lazer para comunidade da RST-413 Mon, 15 Jun 2020 10:33:22 -0300 https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1135/?vereadores-pedem-area-de-lazer-para-comunidade-da-rst-413.html https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1135/?vereadores-pedem-area-de-lazer-para-comunidade-da-rst-413.html Os vereadores de Santa Clara do Sul, Márcio Haas (PTB) e Fernando Scherner (Progressistas), solicitaram na sessão de quarta-feira, dia 10, a instalação de áreas de lazer para os moradores da RST-413. Scherner pediu à Administração Municipal que avalie a possibilidade de ceder uma área para na localidade. De acordo com ele, é uma das poucas comunidades do município que não têm área de lazer pública.

Na tribuna, Haas informou já ter pedido ao Município a instalação de uma academia ao ar livre para a comunidade. De acordo com o vereador, os equipamentos poderiam ser instalados nas proximidades do pórtico, onde há um pergolado e flores. Ele ressalta que uma academia não tira muito espaço, e lembra que a de Chapadão e a de Sampaio ficaram lindas e práticas.

  

Canalização

Scherner também pediu a convocação dos moradores da rua D do Loteamento Balduino Goergem (Altos da Colina) e proprietários de terrenos, para canalizar toda a extensão da rua. “Nos dias de chuva a água invade o pátio de algumas residências”.


Isenção da taxa de água

Vereadores aprovaram por unanimidade o projeto que concede a isenção de até uma taxa de água mensal ao proprietário Ginésio Weber, pela concessão de uso da instalação em suas terras, de um poço artesiano.

 

Milho troca-troca

Haas comemorou uma notícia do Estado em relação ao programa Milho Troca-Troca, sobre o qual os vereadores da oposição haviam pedido a isenção para os produtores rurais. Informa que o custo é dividido entre Estado, Município e produtor, e que agora foi anunciado que o Estado assumirá 60% do investimento na safrinha (antes era 28%). “Fico admirado que o Estado, mesmo quebrado, vai ajudar os munícipes, e isso é justo”. Salienta que isso vem de encontro ao produtor que teve quebra na produção. Conta nunca ter visto uma seca tão longa em seus 44 anos, e parabeniza o Estado por ter feito os esforços, apesar de ser necessário esperar para ver se o anúncio realmente será posto em prática.

]]>
Câmara aprova renovação de convênio com o HBB Tue, 09 Jun 2020 08:50:02 -0300 https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1134/?camara-aprova-renovacao-de-convenio-com-o-hbb.html https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1134/?camara-aprova-renovacao-de-convenio-com-o-hbb.html Vereadores aprovaram dois projetos por unanimidade na sessão realizada na quarta-feira, dia 03. Entre eles o que autoriza o Executivo a firmar convênio com o Hospital Bruno Born (HBB) por um ano, com vigência a partir de 01 de abril de 2020 até março do próximo ano, prorrogável por igual período. Esse convênio visa a prestação de serviços médico-hospitalares aos santa-clarenses pela Central de Convênios, que consiste em consultas eletivas e clínicas, chamados de especialistas, cirurgias eletivas e exames de apoio ao diagnóstico e terapia. O contrato vigente expirou no fim de março.

Para a vereadora Helena Lúcia Herrmann (MDB), essa medida é importante para resolver o problema de muitos cidadãos que não têm como pagar particular. Diz que pelo plano as pessoas podem fazer diversos exames e cirurgias, pois reduz o valor.

 

 

Compra de retroescavadeira

 

Já o projeto 027/2020 autorizou o Executivo a abrir um Crédito Especial no valor de até R$ 191 mil, provenientes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para a compra de uma máquina retroescavadeira. O investimento é estimado em R$ 255 mil, destes R$ 191 mil são oriundos da esfera federal, e a contrapartida do Município é de R$ 64 mil. A máquina será destinada para prestar diversos serviços aos agricultores, tais como terraplanagem para a construção de aviários, chiqueirões, instalações de gado leiteiro, agroindústrias familiares, abertura de esterqueiras, a manutenção das estradas, entre outras finalidades específicas.

O presidente do Legislativo, Márcio Haas (PTB) comemorou a aprovação o projeto. Na tribuna, ele disse que o Município paga cerca de R$ 124 por hora trabalhada para um terceirizado, sendo que no recentemente o pagamento era de R$ 79. No entanto, ele aponta uma possível incongruência: o produtor hoje paga R$ 153 pela hora. Segundo Haas, ele e o vereador Ferla já falaram sobre isso ao prefeito.

 

 

Incentivo do Milho Troca-Troca

 

Na tribuna, Haas informou que municípios vizinhos assumiram na integralidade os custos do Milho Troca-Troca para os produtores rurais, algo que havia sido pedido pelos vereadores da oposição e não foi atendido pelo Executivo. Hoje, produtores e a administração pública dividem os custos. Rosani Richter (PP) havia feito o pedido neste ano por conta da seca que atingiu a região, e lamentou o tema ter sido tratado pela situação como manobra eleitoreira.

 

 

Posto de Saúde

 

A vereadora Helena parabenizou a Administração Municipal pela ampliação da Unidade Básica de Saúde. Na tribuna, ela destacou a importância de o setor administrativo poder atuar no segundo andar do prédio, na parte nova, com salas amplas. Diz que é uma alegria para todos os santa-clarenses haver uma Unidade Básica de Saúde (UBS) dessa envergadura, e por isso faz um agradecimento ao deputado Osmar Terra (MDB), que encaminhou R$ 750 mil pro posto e mais R$ 200 mil para recursos livres na Saúde. Cita ainda que há uma ambulância nova, equipada e prestes a ser usada, e ressalta a importância dessa estrutura no atendimento, em especial nos casos graves.

O vereador Haas, por sua vez, disse que pareceu haver pressa para a inauguração da UBS por parte da Secretaria de Saúde. Lembra que a obra é graças aos recursos destinados pelos deputados Osmar Terra (MDB), Marcelo Morais (PTB) e Sérgio Morais (PTB), e que devem ser valorizados. Convida todos a visitarem o posto de saúde, por ser de todos os santa-clarenses e ter dinheiro público envolvido.

 

 

Incentivo ao produtor

 

O vereador Edson Mallmann (MDB) falou sobre o cheque incentivo que começou a ser pago aos produtores que adquirem produtos voltados para a produção primária dentro de Santa Clara. Ele informa que após apresentarem as notas no departamento da Agricultura, os produtores são ressarcidos com o depósito na conta. Informa que no município há 617 propriedades, sendo que 372 tem direito ao incentivo, contabilizando R$ 192,2 mil. Ressalta que esse incentivo permite o aumento da produtividade nas propriedades.

 

 

Alunos atendidos presencialmente

 

Sobre o programa de ensino à distância nas escolas municipais, o vereador Mauro Heinen (MDB) informa que Secretaria de Educação fez levantamento sobre alunos que têm dificuldades para conexão de internet, e que haverá o atendimento individualizado para que todos consigam acompanhar os conteúdos.

Reforça que os anos finais estão tendo aula todos os dias, e que o material impresso continua a ser enviado, e os alunos que não têm internet são chamados para a escola para atendimento individualizado. Segundo ele, isso evita que as aulas sejam estendidas para o início de 2021 ou que o ano letivo seja perdido.

 

 

 

Auxílio para o comércio

 

Haas também disse que os comerciantes do município cobram informações sobre os R$ 150 mil em marketing anunciados pela Administração Municipal para o fortalecimento do comércio. Ele afirma que percebe apenas o marketing do Município, e não do comércio. Em resposta, o vereador Edson Mallmann afirmou que ainda é estudada a forma de auxílio ao comércio.   

]]>
Vereadores aprovam três projetos por unanimidade Mon, 01 Jun 2020 18:36:42 -0300 https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1133/?vereadores-aprovam-tres-projetos-por-unanimidade.html https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1133/?vereadores-aprovam-tres-projetos-por-unanimidade.html Vereadores aprovaram três projetos por unanimidade na sessão dessa quarta-feira, dia 27 de maio. Entre eles, de número 022/2020, que autoriza o Poder Executivo a contratar, em situação de emergência e atendendo excepcional interesse público, temporariamente, até dois higienizadores para atuarem na Unidade Básica de Saúde (UBS). A justificativa do Executivo foi a desistência de todos os candidatos da banca de concursados e o único que aceitou a vaga pediu exoneração.

O projeto havia sido retido pela Mesa Diretora na sessão anterior, e o motivo foi que o presidente do Legislativo, Márcio Haas (PTB), solicitou a cópia das desistências dos candidatos aptos a serem chamados, para assim analisar se de fato todos os candidatos haviam desistido. Haas informou que o motivo do pedido foi para esclarecer um pedido feito por um morador.  

A resposta da Administração Municipal foi encaminhada, comprovando o texto original do projeto. Com isso, a vereadora Helena Herrmann (MDB) questionou o presidente. Comenta que o vereador deveria ter verificado informações no site e dado a resposta diretamente à pessoa que pediu esclarecimentos sobre o projeto, em vez de encaminhar pedido à Administração Municipal, e chamou a atitude de demagoga. Também disse que o concurso não venceu no dia 27 de abril, como havia sido dito pelo vereador, e que ainda está vigente.

Haas, por sua vez, ressalta que é de seu direito segurar projetos, e que se sente atacado pela atitude dos vereadores da situação. Como na sessão anterior, volta a dizer que o higienizador saiu de licença em dezembro, e que o projeto 022 veio em situação de emergência apenas em maio, próximo da data da sessão.

 

Abertura de crédito

Os projetos 024 e 025 autorizam o Poder Executivo a abrir crédito especial no orçamento: de até R$ 80.356,68 e de R$ 6.300,00; ambos os recursos oriundos do governo federal, por intermédio do Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS). O primeiro é um incremento temporário destinado para a execução de ações socioassistenciais no Município devido à situação do covid-19.

Já o segundo montante é destinado à aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para ações de proteção social e de prevenção no enfrentamento da Situação de Emergência em Saúde Pública de Importância Internacional decorrente do coronavírus (COVID-19), dos profissionais das unidades públicas de atendimento da rede SUAS.

 

Obras na Amábile Piacini

 

O vereador Marcelo Foltz (PT) encaminhou pedido de informações referentes à pavimentação da Rua Amábile Maria Piacini. Ele quer saber até que ponto se encontra a obra. Sobre isso, o vereador Mallmann comentou que falta apenas o prefeito assinar o contrato com a empresa, o que ainda não foi feito por questões de precauções por conta da instabilidade financeira do momento, tanto da Administração quanto em relação aos moradores que ficam responsáveis por 50% do pagamento. E diz que assim que a situação normalizar a obra será feita.

Outro pedido de informações foi da vereadora Rosani Maria Hendges Richter (PP). Ela solicita que o Executivo informe o índice de aumento do IPTU dos últimos três anos.

 

Vereador cobra Executivo sobre obras na pandemia

 

Márcio Luiz Haas (PTB) cobrou do Executivo a situação das promessas de obras feitas nas proximidades das eleições, e da mesma forma as diferentes justificativas da Administração Municipal quanto aos investimentos em meio à pandemia. “Parece que umas podem e outras não”.

O vereador comenta que a obra na Rua Amábile Maria Piacini, adiada pela Administração Municipal por conta do momento de pandemia, foi uma promessa arrastada por três campanhas, e sobre a qual um morador recentemente o avisou que na próxima campanha seria prometida outra vez. Ele considera também que o momento de pandemia dispensa os trabalhos de embelezamento da fachada da UBS. Haas reitera que sua cobrança representa o desejo da comunidade.

 

Coleta seletiva

 

O vereador Edson José Mallmann (MDB) falou sobre o desafio de se colocar em prática a coleta seletiva, prevista para começar no dia 8 de junho. Informa que os contêineres servem para acondicionar o lixo reciclável, e o lixo orgânico deve ficar do lado de fora para não contaminar o restante. O vereador também mostra um folder sobre informações destinadas à população, dizendo que esclarece todas as dúvidas e ainda deixa o contato dos departamentos responsáveis. Diz que a coleta vai ser um divisor de água no Município.

Afastamentos

Os vereadores Marcelo Foltz (PT) e Airton Teloken (PP) requereram licença para tratar de assuntos particular, no período de 01 a 15 de junho de 2020. Eles cedem a cadeira, neste período, para os vereadores Fernando Scherner (PP) e Otário Herrmann (PP), respectivamente.

 

 

 

]]>
Vereadores falam sobre investimentos Mon, 25 May 2020 19:34:14 -0300 https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1132/?vereadores-falam-sobre-investimentos.html https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1132/?vereadores-falam-sobre-investimentos.html Investimentos, estiagem, pandemia e valorização do comércio local estiveram entre os assuntos abordados na sessão da Câmara de Vereadores de Santa Clara do Sul de quarta-feira, dia 20.

Por unanimidade foi aprovado o projeto que autoriza o Executivo a abrir crédito especial para a compra de um ônibus escolar. O investimento será de R$ 214 mil, de recursos federais, e foi enaltecido na tribuna pelo vereador Mauro Heinen (MDB). O dinheiro foi conquistado por meio do Plano de Ações Articuladas (PAR), o que segundo Heinen já rendeu R$ 3,1 milhões ao Município nos seguintes projetos, além do ônibus: a vinda da “nova” Emei que está sendo construída; 163 novas classes e cadeiras que vieram em 2018; um micro-ônibus de 29 lugares: e quadra coberta de Nova Santa Cruz.

O vereador reforça que o PAR é um canal importante criado pelo governo federal e que funciona, e que os projetos cadastrados pela Secretaria da Educação giram em torno de R$ 7 milhões. Ele sugeriu que se os vereadores tiverem contato com deputados que queiram indicar emendas para educação, esses projetos da pasta aceita emendas.

 

Projeto para a contratação de servidores é retido

 

A Mesa Diretora reteve o projeto emergencial que visa a contratação de até dois higienizadores para a Unidade Básica de Saúde. Conforme o texto do Executivo, a necessidade da contratação se dá pela desistência de todos os candidatos da banca do último concurso, vencido em março, porque o único que havia aceitado a vaga pediu exoneração.

No entanto, o presidente do Legislativo, Márcio Haas (PTB), quer mais informações sobre a possível existência de candidatos que teriam se enquadrado para as vagas. Para isso, solicitou ao Departamento de Recursos Humanos da Administração Municipal que forneça a cópia das desistências dos candidatos aptos a serem chamados no contrato administrativo temporário de higienizador de Unidade Básica de Saúde (UBS). Mesmo assim, disse que o projeto será votado na próxima sessão, e pediu que todos o aprovassem.

Os vereadores Helena Herrmann (MDB) e Mauro Heinen (MDB) criticaram a posição do presidente. Apesar de entenderem o direito de o presidente reter o projeto, afirmam que o momento de pandemia exige profissionais para realizarem a higienização. Eles argumentam que o projeto indica claramente as informações, e que a desistência de todos os candidatos à vaga foi informada por e-mail ou por assinatura na prefeitura.

Por sua vez, Marcelo Foltz (PT) criticou o Executivo pela recorrência de projetos encaminhados em regime de urgência. Disse que o concurso dos higienizadores vencem em março, e por isso o projeto poderia ser encaminhado antes ao Legislativo.   

 

Internet

Haas solicita à Administração Municipal que disponibilize internet aos menos de 5% de alunos que ainda não tem acesso a mesma, para que todos possam acompanhar as aulas virtuais no Município, desenvolvidas por meio da plataforma Google For Education.

Em resposta, Heinen informou que está sendo feito o levantamento de comunidades e famílias que não têm sinal, além da questão de aparelhos, para de fato ver quais as possibilidades de a Administração intervir nesta situação. Como professor, diz que muitos pais estão elogiando o programa de ensino, e informa que o mesmo material que está sendo disponibilizado via plataforma digital também vai ser entregue no formato físico, de casa em casa, pela diretora, e assim haverá contato com aluno para explicar matéria ou tirar alguma dúvida.

 

Pedido sobre auxílio aos comerciantes

O vereador Marcelo Foltz (PT) solicita à Administração Municipal informações referentes ao valor de R$ 150 mil anunciado em vídeo que seria repassado ao comércio. Quer saber de que forma está sendo estudado para que este valor chegue ao comércio local.

 

“Santa Clara da Gente”

Heinen citou na tribuna o movimento “Santa Clara da Gente”, que foi iniciado há poucos dias: um grupo que visa estimular o comércio e serviço de produtos locais, além de promover ações para ajudar pessoas e divulgar avisos de utilidade pública e vagas de emprego. Informa que são 12 mil publicações e 1.140 membros, e parabeniza os organizadores, pois entende que todas as formas de ajudar são bem vindas.

 

Compra de flores em Lajeado gera cobrança da oposição

Foltz e Haas cobraram o porquê de o Executivo ter comprado as flores do tipo Gerânio de uma empresa de Lajeado para ornamentar a UBS, sendo que é imprescindível incentivar os produtores santa-clarenses. O que mais chamou a atenção dos vereadores é que o fornecedor dessa empresa de Lajeado é de Santa Clara do Sul. “Está no site da prefeitura que as flores foram adquiridas por R$ 8,50 a unidade, sendo que a unidade em Santa Clara do Sul custa em média R$ 4. E por isso, diz que a empresa de Lajeado ganhou R$ 4,50 nas costas dos produtores santa-clarenses”, afirmou Haas.

  

Mallmann comemora união de comunidade

 

O vereador Edson Mallmann (MDB) ressaltou a união de moradores de Picada Santa Clara, sua comunidade natal, que culminou na perfuração de um poço que garante alívio aos produtores. Lembra que após diversas reuniões a comunidade juntou recursos para a obra. Isso foi necessário porque a lei de 2015 impediu o repasse financeiro do poder público para as entidades municipais. “Para mim é motivo de alegria, por ser filho da comunidade e por participar de reuniões auxiliando para que essa situação se realizasse”.

Já o vereador Foltz entende que a Administração Municipal deveria criar ações de perfuração de poços no interior. Alerta que hoje os problemas por conta da estiagem em Picada Santa Clara, Linha Serrana e Alto Arroio Alegre podem ser estendidos para outras comunidades no futuro, como Sampaio e Nova Santa Cruz.

]]>
Vereadores enaltecem nova ferramenta digital na Educação Tue, 19 May 2020 09:43:31 -0300 https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1131/?vereadores-enaltecem-nova-ferramenta-digital-na-educacao.html https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1131/?vereadores-enaltecem-nova-ferramenta-digital-na-educacao.html Um novo investimento na área da Educação marcou a sessão da Câmara de Vereadores de Santa Clara do Sul, realizada na quarta-feira, dia 13. Na tribuna, o vereador Mauro Heinen (MDB) falou sobre a plataforma Google for Education, via aplicativo Classroom, que permitirá a disponibilização de material virtual para os alunos, além do físico, e oferecer uma sala de aula virtual para otimizar o aprendizado.

Por meio do domínio @educasantaclaradosul.com.br, disponível para todos os professores e todos os alunos, desde o berçário, os quais poderão utilizar o endereço eletrônico por toda a vida. O vereador cita que a sala de aula virtual pode ser acessada até via celular, e informa que um levantamento realizado no município apontou que menos de 5% não teriam acesso à internet, o que garante grande adesão à nova ferramenta.

Na plataforma, que entrou em funcionamento no dia 18, o professor pode mandar e-mail ou mensagem por Whatsapp para marcar aula para determinadas datas e horários, e todos vão poder se ver por meio dessa ferramenta.

Heinen lembra que o governo pretende contabilizar parte das aulas/atividades a distância como aula, e que apesar de não serem mais exigidos os 200 dias letivos neste ano, será necessário cumprir uma carga horária de 800 horas aulas.

Na tribuna, a vereadora Helena Herrmann (MDB) mencionou o avanço do telefone fixo para o interior, que permitiu também o avanço da internet e o uso dela para a educação.

 

População não pode deixar de ir para o posto, afirma vereadora


Helena falou sobre os quatro casos positivos de covid-19 entre servidoras da Unidade Básica de Saúde, o que segundo ela tem feito aumentar o receio da população de frequentar o local. A vereadora faz um alerta para que as pessoas não deixem de ir ao posto para tratar enfermidades, lembrando que foi realizada uma sanitização em todo o prédio, tanto na área interna quanto na área externa, e as servidoras estão isoladas e sob cuidados.

Helena reafirma a importância de lavar as mãos, do uso da máscara e de ter álcool gel consigo, além de evitar o contato das mãos no rosto. A próxima sessão ocorre nesta quarta-feira, dia 20 de maio, às 19h.

]]>
Saúde recebe R$ 400 mil em emendas parlamentares Tue, 12 May 2020 11:28:09 -0300 https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1130/?saude-recebe-r-400-mil-em-emendas-parlamentares.html https://www2.urubici.sc.gov.br/noticia/visualizar/id/1130/?saude-recebe-r-400-mil-em-emendas-parlamentares.html Os vereadores aprovaram dois projetos na sessão realizada na quarta-feira, dia 06. Entre eles o que autoriza o Executivo a abrir um crédito suplementar de R$ 400 mil no orçamento, em virtude das emendas parlamentares destinadas para o custeio do Fundo da Saúde. Desse total, R$ 200 mil vieram do deputado federal Osmar Terra (MDB); R$ 100 mil do deputado federal Elvino José Bohn Gas (PT); e outros R$ 100 mil do Heitor Schuch (PSB).

Na tribuna, a vereadora Helena Herrmann (MDB) comemorou o ingresso dos recursos das emendas para a Saúde, além dos R$ 858.846,20 de repasse anunciados na semana pelo governo federal. Para ela, esses recursos deixam todos mais aliviados em relação à questão da pandemia e até para demandas que possam surgir mais tarde na pasta.

Também lembrou da importância da aprovação do projeto da sessão anterior, para ajudar no custeio dos atendimentos dos casos de Covid-19 no hospital.

Já o vereador Marcelo Foltz (PT) ressaltou a importância das emendas conquistadas em contato com os deputados Bohn Gas (PT) e Heitor Schuch (PSB), após viagem a Brasília em agosto de 2019, junto com os colegas José Mathes e Airton Teloken.

Ele encorajou os vereadores para uma nova ida à Brasília, após o período da pandemia, para abrir nova fonte de recursos para o ano de 2021. Ressaltou que mesmo com o mandato de vereador terminando no fim deste ano, o dos deputados vai até 2022, e por isso é possível deixar algo encaminhado.
Outro projeto aprovado na sessão foi o que acrescenta e altera dispositivos no Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Municipais, Lei nº 1662/2011.

 

Vereador critica promessas do Executivo

 

O presidente do Legislativo, Márcio Luiz Haas (PTB), voltou a citar o que define como promessas de obras feitas em momento de pandemia e de proximidades das eleições. “Muitas promessas que aconteceram em outras vezes já”. Cita a rede de água da Funasa, de Alto Arroio Alegre, e a promessa de fazer a imagem da Santa.

]]>